Os mini graffites de Pablo Delgado!!!

Já ouviram falar neste nome: Pablo Delgado? Pois é, esse mexicano que hoje está em Londres é um grafiteiro que faz miniaturas de graffiti muito interessantes pela capital britânica. O artista conta que quando chegou em Londres já era curioso para conhecer a cidade pelas referencias artísticas, porém não imaginava que ao ir morar na zona leste, por ser uma área mais barata,  ficou extremamente inspirado pelas inúmeras intervenções de arte de rua que existem na região. Começou então a grafitar portas em miniaturas nos muros, portas diferentes que refletiam a diversidade local e em seguida começou a trabalhar com miniaturas de animais e pessoas. O grafiteiro afirma que, pelo lado artístico, Londres é um lugar melhor para se trabalhar, já que pode viver de sua arte. Mas, segundo ele, é difícil ficar longe da família. Pablo faz neste mês sua primeira exposição na capital londrina e a arte desse maluco é bem bacana, confira.  Fonte BBC Brasil

Este slideshow necessita de JavaScript.

Confira mais trabalhos e a reportagem sobre Pablo delgado no site da BBC  Brasil: http://www.bbc.co.uk/portuguese/videos_e_fotos/2012/11/121106_grafite_mexicano_fn.shtml

Anúncios

Cavalete Parade – Uma iniciativa muito da hora e sustentável…..

Há muito tempo que o desrespeito com a cidade e com os cidadãos toma conta das ruas em épocas de eleições. Com certeza você já passou por um cavalete com a foto e o número do político que pede o seu voto da pior maneira: ilegalmente e sujando a cidade. Pensando nisso, uma dupla criativa tentou melhorar a situação das ruas ao lançarem a “Cavalete Parade”.

O diretor de arte Victor Britto e o ilustrador Marco Furtado lançaram a campanha onde o objetivo era o de qualquer pessoa pegar algum dos cavaletes espalhados pela cidade de São Paulo e o transformasse em obra de arte. O resultado pode ser conferido no sábado (29/09), no canteiro central da Av. Paulista. Fonte: http://zupi.com.br/cavalete-parade/

Observem amigos leitores que todo esse material é reaproveitado, importantíssimo para a sustentabilidade e diminuição de resíduos sólidos no nosso meio. Confira as fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Papo de Domingo: O amor está nos muros!!! #lovecrew

Neste fim de semana, marcamos o rolê com a a artista Ladys, que conseguiu um muro  para grafitagem numa casa na Vila Progresso. Porem quando cheguei lá me deparei com uma cena no mínimo curiosa: pelo menos dois casais de namorados pintavam juntos na intervenção. Perguntei a eles o que o graffite tinha a ver com isso? A resposta foi: tudo!

O primeiro casal Lady’s e ResaUm conheceram-se através de uma comunidade de graffite na internet, começaram trocar idéias curtir os trabalhos um do outro,  depois de se conheceram pessoalmente e se apaixonaram.

O segundo Casal Damas e JNS  se encontraram  no primeiro rolê que fizeram. O curioso é que era o primeiro rolê de graffitagem dela e dele também. Desde então foram se aproximando e hoje estão juntos.

Aproveitando a deixa, o artista Gnomo que também pintava no local lembrou-se de que, ele também conhecera sua esposa fazendo rolês na rua, ela era dançarina de street dance,  totalmente ligada a arte urbana.

Portanto nossa conclusão é a seguinte: que realmente, apesar da teoria física de que positivo e negativo se atraem, na vida não é bem assim. Os semelhantes é que se atraem. Quem gosta da rua cola com quem também curte a rua.  E você que esta lendo este artigo agora,  perceba: seu amor pode estar bem  mais perto do que você imagina!!! Valeu papeiros e papeiras de rua.  Semana que vem a gente apronta mais .

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pelo Mundo…Aniversário com tinta e cores em Londres

Ground Releases de Londres é uma organização de arte que faz intercambio entre artistas de vários países em conjunto, para criar únicos e progressivos projetos globais de graffiti,  integrando a comunicação entre as nações gradativamente através seus lançamentos. Um projeto importante e influente no movimento de graffiti internacional que fornece uma plataforma fértil para a expressão, com a visão de incentivar a inovação e encorajar avanços substanciais em artes visuais.

É  fornecida uma plataforma para profissionais e empresas fazerem parte de uma dinâmica multi-disciplinar e iniciativa criativa global, oferecendo projetos de ponta, com possibilidades de colaboração e desenvolvimento de eventos, campanhas de marketing, estratégia, recursos visuais de áudio, instalações, projetos personalizados, design, enfim,  viver de pintura e exposições.

No seu primeiro aniversário no ultimo dia 18,  as comemorações tiveram belíssimas intervenções na Trellick Tower, em West London. Além da ilustre comitiva global do Ground Releases, o evento contou com artistas da Austrália, Alemanha, Espanha, França e Áustria . Confira .

por @Papo_de_Rua

Fonte: Ground Release site

 

Papo de Domingo

É bem verdade que muitas vezes aproveitamos os dias da semana  mais do que no domingo. Mas o que será que fez esse “dia de folga” que Deus nos deu virar uma coisa monótona ? Talvez a própria rotina, o trabalho e os extremamente eventuais “eventos” que acontecem durante a semana, transformaram o domingo num dia de alem de descanso,  muita “lombra”, náusea e indisposição.

Por isso nossa dica é a seguinte: manter o equilíbrio sem exagerar muito de segunda a sábado para sobrar energia e aproveitar bem os domingos. Nesse primeiro Papo de domingo aproveitamos acompanhando  o rolê dos artistas Tox, Caju e ZZN (Danese) Gui Beto,  e Damas com stencil pelo bairro São Francisco região central de campão, bem em frente ao Teatro Imaginário Maracangalha. Entre os moradores de rua, o meio fio, os grafiteiros e a parede só havia uma coisa em comum: a ARTE. 

A arte atrai as pessoas aonde quer que elas estejam seja num museu, no mato ou no meio rua.  É isso que nos inspira!!! Domingo que vem tem mais…

Dimossauro do Grafitti!!!

Paulo Cesar Silva, o Speto, é um dos maiores nomes da arte da grafitagem no Brasil. Trabalhando há 27 anos, Speto começou a ganhar dinheiro há 5 anos atrás, quando aprendeu a encarar o trabalho de forma mais realista. Acredita que para o grafiteiro, entender o mercado não vai afetar a imagem do artista. “Para ser um profissional, é preciso entender que o mundo não gira ao seu redor. É algo que vem com a maturidade, pois quando a gente é moleque acha que é o centro do universo. Eu já defendi tanto uma ideia que perdi clientes. Hoje, acho que não adianta ser radical: uma boa medida é ter cuidado com aquilo que realmente leva a sua assinatura. Neste caso, a identidade deve ser mantida. Mas, quem entende as diferentes mídias e as usa a seu favor, não se corrompe. Fama é diferente de carreira”. Durante três anos, ele acompanhou a banda O Rappa, em turnê pelo Brasil, pintando durante as apresentações do grupo. “Você divide com as pessoas o processo. Elas têm a possibilidade de ver o trabalho acontecendo”.

Speto é um dos mais experientes artistas da arte de rua e já está acostumado a perder sua privacidade no momento da criação, já que é no espaço aberto das cidades que muitas de suas ideias tomam forma. É em seu entorno, nos detalhes e pequenas surpresas, onde tira suas principais inspirações para suas criações.

Fonte: blogjusantos.ne10.uol.com.br