Papo de Rua no rolê com CuRuMeX!!!

Entre a cultura do boi e o crescimento das nossas cidades aqui em Mato Grosso do Sul, a sociedade sente e está cada vez mais atenta aos movimentos de cultura urbana pelas ruas. É fato que num estado dominado e vanguardiado por culturas country e sertaneja, fica mais difícil abrir a mente das pessoas para a artes urbanas e movimentos oriundos especificamente das ruas.

Nesse contexto o protagonista do nosso rolê de hoje, o artista, músico, rapper, skatista, empresário e agora bem dizer “fotógrafo” CURUMEX, separou algumas fotos as quais deixam claro a evidência de que a cultura de rua cresce e ganha cada vez mais espaço nos muros e espaços publicos pela city. Nelas estão alguns grafites realizados pelo artista na sua loja de conveniências, locais autorizados e fachadas comerciais. As demais foram tiradas aleatóriamente pela cidade.   Confira as fotos:

Curumex

CURUMEX artista, músico, rapper, skatista, empresário e agora bem dizer “fotógrafo”

rolecrm16

rolecrm29

rolecrm17

rolecrm18

rolecrm19rolecrm20rolecrm25rolecrm26rolecrm27rolecrm28rolecrm29rolecrm30rolecrm1rolecrm2rolecrm3rolecrm4rolecrm5rolecrm6rolecrm7rolecrm8rolecrm9rolecrm10rolecrm11rolecrm12rolecrm13rolecrm14rolecrm21rolecrm23rolecrm22rolecrm24

Anúncios

A cara da Street Art em latinhas….

Muitos reaproveitamentos podem ser feitos com materiais que ao invés de ir para o lixo, encontram espaço para algum tipo de arte. Geralmente, como já fazem nossos parceiros da Ecoplantar Ltda, os recicláveis usados para tal são relativamente grandes como latões de lixo, maquinas de lavar roupa velhas, pedaços de latão e telhas etc.  Mas em latas pequenas, por exemplo, é uma coisa inusitada. Achei bem interessante blogar essa matéria que encontrei pois esse inglês pega latinhas, isso mesmo, várias latinhas pequenas e transforma tudo em arte, confira.

My Dog Sighs é a alcunha de um conhecido artista britânico que faz suas pinturas em latas de comida que iriam para o lixo e as espalha pela cidade de Londres. Nas peças recicladas e amassadas, ele desenha com precisão rostos que apresentam expressões como alegria, tristeza e mau humor.

A intenção é a mesma da street art: interagir com o público que anda pelas ruas, mas nesse caso sem causar dano permanente às propriedades públicas. O inglês acredita que ao reciclar materiais, ele consegue humanizar seu trabalho, além de dar uma nova função às latas.

mydogsighs

arte-latas mydogsighs

O projeto é chamado de “Free Art Friday” já que My Dog Sighs cria suas obras e as coloca nas ruas apenas nas sextas-feira de cada mês.

Fonte: Projeto Contem, My Dog Sighs e Natura Ekos

por @guifreizan