Papo de Domingo

É bem verdade que muitas vezes aproveitamos os dias da semana  mais do que no domingo. Mas o que será que fez esse “dia de folga” que Deus nos deu virar uma coisa monótona ? Talvez a própria rotina, o trabalho e os extremamente eventuais “eventos” que acontecem durante a semana, transformaram o domingo num dia de alem de descanso,  muita “lombra”, náusea e indisposição.

Por isso nossa dica é a seguinte: manter o equilíbrio sem exagerar muito de segunda a sábado para sobrar energia e aproveitar bem os domingos. Nesse primeiro Papo de domingo aproveitamos acompanhando  o rolê dos artistas Tox, Caju e ZZN (Danese) Gui Beto,  e Damas com stencil pelo bairro São Francisco região central de campão, bem em frente ao Teatro Imaginário Maracangalha. Entre os moradores de rua, o meio fio, os grafiteiros e a parede só havia uma coisa em comum: a ARTE. 

A arte atrai as pessoas aonde quer que elas estejam seja num museu, no mato ou no meio rua.  É isso que nos inspira!!! Domingo que vem tem mais…

Anúncios